6 pontos de mergulhos imperdíveis no Havaí!

Com um arquipélago composto por oito ilhas, bem como um punhado de atóis e ilhotas que se estendem perto de 1.500 milhas pelo Oceano Pacífico, bom só por isso já dá para saber que mergulho no Havaí deve ser bom. Listamos 06 pontos de mergulhos imperdíveis no Havaí que não devem ficar de fora dos seus planos quando for ao encontro do Aloha subaquático.

KAUAI

Esta pequena ilha recebeu o apelido de “The Garden Island” por um motivo. Conhecida como a mais antiga das ilhas habitadas, apresenta atrações naturais incríveis e uma paisagem subaquática igualmente especial.

DESTAQUE: Three Fingers

O nome refere-se aos “três dedos de lava” que se estendem a cerca de 100 metros fora do porto, Three Fingers oferece águas cristalinas, visibilidade de até 60 pés e uma infinidade de vida marinha, o que é ótimo para mergulhadores de todos os níveis. Um local privilegiado para fotógrafos subaquáticos, no local você encontrará cardumes coloridos, moreias e tartarugas.

 

OAHU (costa norte)

Muito perto de Waikiki no icônico “North Shore”, o mergulho em Oahu oferece aos visitantes tudo, desde a vida uma vida agitada (noite e dia) assim como as mais antigas tradições havaianas.

DESTAQUE: Kahuna Canyon

Este mergulho em parede é muito procurado por sua cratera em forma de tigela que cria uma sensação de um “grand canyon”. O azul infinito tem sido conhecido por dar lugar a tubarões, enquanto o próprio cânion é lar de muita vida, como lagostas, caranguejos e polvos enquanto peixes-papagaio desfilam ao longo do coral.

 

MAUI

Se fosse para eleger o que cada ilha oferece, Maui provavelmente seria eleita como a “Mais Popular” das ilhas havaianas. Da observação de baleias às lindas paisagens da Hana Highway, Maui tem uma surpresa para cada tipo de viajante.

DESTAQUE: Carthaginian II

Um navio que serviu como um museu no porto de Lahaina e foi afundado para ser sistema de recife artificial, o Carthaginian II é um marco em Maui. Descansando em 97 pés desde 2005, o naufrágio oferece uma abundância de vida. Normalmente este mergulho é feito como duplas de tanques onde os mergulhadores podem gozar de quase 100 pés de visibilidade, um mínimo de corrente, inúmeras maneiras de acessar o porão e uma variedade de peixes.

 

MOLOKAI

Não há semáforos nesta ilha totalmente, ela é uma das menos impactadas, é o lar de pescadores e agricultores. Semelhante a sua porção terrestre, o recife na costa sul de Molokai é intocado e a boa notícia para os mergulhadores é que no recife é de 30 milhas de extensão há quase 40 pontos de mergulho.

DESTAQUE: Fish Rain

Prepare-se para ver, durante um super drift dive, uma “chuva de peixes’, daí  o nome do ponto de mergulho. Além dos tubarões de galapaguenhos e dos martelos , o recife da parede forma uma paisagem bem única, com muitos peixes papagaio coloridos. Outros visitantes que aparecem por lá são tubarões-tigres, focas havaianas, tubarões-baleia e martelo.

 

LANAI

De seus resorts  de nível mundial a campos de golfe passando por trilhas e praias intocadas, em Lanai há dois lados distintos, do luxo ao rústico. Localizado a apenas 9 milhas de Maui, Lanai é uma das menores ilhas habitadas, tornando esta pequena jóia o local perfeito para viajantes que gostam de aventuras e o conforto dos resorts.

DESTAQUE: First Cathedral

A primeira catedral é um pináculo com amarras fixadas a 35 pés. A vida marinha inclui tartarugas, tubarões de recife e golfinhos, enquanto criaturas menores, como os nudibranquios, podem ser encontradas nas fendas. Um grande arco pode ser encontrado no lado oeste, enquanto o lado norte apresenta uma parede com cavernas e um mergulho. Uma grande caverna chega a cerca de 50 metros de profundidade e possui um teto de 20 pés. E enquanto olhar para a catedral é fascinante, sair da caverna através do ponto entrada pelas ondulações do sul, conhecido como Shotgun, faz uma saída impressionante.

 

BIG ISLAND

As praias de areia negra na costa de Kona, campos de lavanda aromáticos e raias mantas brincalhonas compõem a ilha do Havaí, conhecida como a Big Island. Fato interessante: como resultado dos efeitos dos vulcões Maunakea e Maunaloa, é um dos raros lugares onde você pode percorrer 14 zonas climáticas diferentes em uma unica viagem de férias.

DESTAQUE: Manta Night Dive

Uma visita à Big Island não está completa sem experimentar o mergulho noturno com as mantas. No fim do dia, enquanto o recife começa a se preparar para a noite, as criaturas noturnas começam a aparecer junto as primeiras luzes de mergulho. Todas as noites, a combinação de luzes, escuridão e mergulho atrai o plâncton e as mantas famintas. Os mergulhadores se ajoelham no fundo com suas lanternas de mergulho na mão para interações, uma a uma, com as graciosas mantas em busca de seu jantar.